1/1

CARTEIRA ASSINADA

DIREÇÃO DE PIETRO PICOLOMINI

Longa-metragem

Coprodução Brasil/Argentina, projeto em desenvolvimento com o apoio do INCAA/Argentina

SINOPSE

Um anúncio convida pessoas para compartilhar suas memórias e expectativas através dos registros profissionais de suas Carteiras de Trabalho. Nesse documento, mais do que números e carimbos, se encontram histórias de lutas, decepções, medos e esperanças. Qual é o significado do trabalho em nossas vidas? 

Intercalando com as conversas gravadas em estúdio, o documentário tem como cenários diversos pontos da Grande São Paulo, região onde vivem aproximadamente 23 milhões de pessoas, com mais de 18% de desempregados. Os cenários são sindicatos, agências de emprego e, principalmente, mutirões de trabalho - eventos massivos realizados por governos, sindicatos e empresas, com a finalidade de ordenar a oferta de mão de obra de acordo à demanda de potenciais empregadores. Nesses eventos, onde já se registraram filas com mais de 15 mil pessoas, se desenvolve a linha narrativa horizontal, que atravessa um dia de mutirão, das 4h às 18h. É também onde conheceremos diversas personagens, como jovens em suas primeiras tentativas de conseguir um emprego e profissionais experientes que buscam reintegrar-se ao mercado de trabalho.

O objetivo do projeto é visibilizar a importância do trabalho formal como instrumento de dignidade, de cidadania e de justiça social, em oposição à crescente precarização do trabalho desde o golpe de Estado de 2016.

DIRETOR

PIETRO PICOLOMINI

Pietro Picolomini (Brasil, 1979) é graduado em Ciências Sociais e mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Desde 2004 se dedica profissionalmente à realização audiovisual em diferentes formatos e gêneros, além de trabalhar como educador em cursos e oficinas. Atualmente reside em Rosário, província de Santa Fé, Argentina, onde desde 2011 desenvolve e produz conteúdo audiovisual para cinema e televisão. Docente na “Escuela Superior de Museología de Rosario”.


Entre suas principais realizações estão: corroteirista e produtor da série “Pájaros Negros” (projeto ganhador do “Concurso INCAA para Series de Ficción Federales 2014/15”, Argentina); corroteirista e produtor de “Abaddon”, (melhor curta-metragem nacional no Buenos Aires Rojo Sangre Film Festival 2019, entre outros prêmios); produtor, corroteirista e editor do curta-metragem “Pequeños Museos”, (projeto selecionado no 13º Talents Buenos Aires); roteiro, produção e direção - com Ester Fér - do documentário “Variante” (exibido em diversos festivais, entre eles o DocLisboa 2010); produtor da animação “Dayane e Zé Firo” (prêmio de Melhor Animação no 16º Festival Latinoamericano de Rosario, entre outros prêmios).

FICHA TÉCNICA

Direção PIETRO PICOLOMINI
Roteiro ESTER FÉR | PIETRO PICOLOMINI
Produção MARIA TEREZA URIAS | PIETRO PICOLOMINI | RENAN ROVIDA